Publicado em

TREKKING – Travessia Campos dos Padres > Cânion Espraiado – Urubici/SC – 4 DIAS – 45km

trekking-travessia-campo-dos-padres-urubici-capa

TREKKING - Travessia Campo dos Padres + Espraiado (Leste/Oeste) - 45km - 4 dias de caminhada

Esta travessia consiste em uma caminhada de 4 DIAS iniciando pela  região conhecida como Campo dos Padres juntando-se ao Espraiado, o que a torna um produto EXCLUSIVO do mercado. Por ser uma região totalmente natural, há pouca infraestrutura mas sim, contato com a comunidade local adquirindo uma experiência verdadeira da Serra Catarinense.

Serão 45km de caminhada aproximadamente, partindo da região do Rio dos Bugres com seu término na pedra da Águia, passando pelo platô do Campo dos Padres, pelas bordas da Serra e Altos do Espraiado saindo pela incrível Borda Sul do Cânion Espraiado.

​Durante a caminhada, que ocorre predominantemente em áreas particulares, percorreremos trechos de estradas de chão – ainda utilizadas para deslocamento dos moradores locais e gado – estradas abandonadas sem condição de tráfego, campos naturais com capim baixo e alto, vales e matas. 

Com pernoites todos os dias em refúgios utilizados pelos moradores locais nos cuidados do campo, estaremos mais protegidos do frio extremo encontrado no ambiente durante a noite.

FICHA TÉCNICA

Local

Urubici/SC

Duração

04 Dias de Caminhada

Distância

45 km

Dificuldade

Técnica: Média
Física: Moderada

Acomodação

01 em Pousada
03 em Refúgios

Participantes

Mínimo: 04 pax
Máximo: 08 pax

SAIBA PARA ONDE VOCÊ ESTÁ INDO:

UrubiciA região de Urubici é um lugar como poucos no Brasil. Uma terra presenteada pela natureza e dotada de fenômenos naturais que só se vê por lá, como por exemplo, as mais baixas temperaturas do país, fortes geadas e também, a neve! O município de Urubici está 918m.a.n.m. e por um de seus principais pontos turísticos, o Morro da Igreja com 1.822m se torna o povoado mais alto do Brasil, tendo como plano de fundo as belas paisagens serranas do planalto catarinense.

Serra Geral de Santa Catarina – Uma formação rochosa que se origina no Paraguay, se estendendo pelos países vizinhos Uruguai e Argentina e faz um corte em diagonal até o estado do PR. Esta Serra divide o litoral catarinense do oeste do estado e corta também, em sentindo diagonal o estado do Rio Grande do Sul. As Serras catarinense e gaúcha são partes integrantes dessa cadeia montanhosa repleta de formações originadas a partir de intensas atividades vulcânicas que ocorreram há milhões de anos. Destas atividades, teria origem o Planalto Sul-Brasileiro, de vegetação heterogênea e palco de diversas nascentes de rios cristalinos, como o Canoas. Há mais de 60 cânions em todo seu terreno, destacando-se os gaúchos Malacara e Fortaleza e é claro, o Espraiado.  

Vale do Rio Canoas (950m.a.n.m.) – Nosso ponto de encontro e local de partida desta fascinante caminhada será às margens do Rio Canoas (990 m.a.n.m.), importante rio que corta um belo vale de araucárias nos confins de Urubici, um lugar esplêndido, com paisagens incríveis. Lugar escolhido, inclusive, para filmagens do comercial do perfume Davidoff Adventure, com o ator escocês Ewan McGreggor, elegido uma das melhores estrelas do cinema de 1997 – veja comercial em https://www.youtube.com/watch?v=Np7ZkC8vW3U – A partir dali, se dá início nossa caminhada por estrada vale adentro rumo às bordas da Serra Geral a cerca de 1.460 m.a.n.m.

 

Cânion do Espraiado 1.877m – Um vale vale profundo de encostas íngremes e verticais tornam o Cânion do Espraiado, ao sul do Campo dos Padres, um dos lugares naturais mais bonitos do Brasil! Trecho da Serra Geral que vem sendo indicada para vir a se tornar um novo Parque Nacional catarinense. Devido a sua magnífica formação escarpada e a sua cachoeira principal com cerca de 90 metros de queda, o Espraiado é sem dúvida um dos principais atrativos de Urubici e o destino mais procurado pelos amantes das caminhadas em lugares de grande beleza cênica. Lugar que conserva alguns bosques e florestas de araucárias e rica e variada fauna ainda presente, com destaque para a “casa do Puma”, também conhecido como Leão Baio ou Puma Americano/Concolor.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EXPEDIÇÃO:

PROGRAMAÇÃO:

O QUE ESTÁ INCLUSO:

  • Condutor (Líder de grupo)
  • Auxiliar/Cozinheiro
  • Permissão de acesso ás áreas privadas
  • Todos os utensílios de cozinha pessoal e de grupo
  • Alimentação: 04 Cafés da Manhã + 04 Lanche Quente “pré janta” + 03 Jantar – Alimentação especial para vegetarianos, intolerantes a glúten, lactose e dietas especiais (Neste caso você irá informar suas necessidades na inscrição)
  • Deslocamento da pousada até início do percurso e ao final do percurso novamente para a hospedagem
  • Kit primeiro socorros para atendimento básico de emergência
  • Seguro específico para atividades de aventura
  • Equipamentos de Segurança: Primeiros Socorros / Rádio VHF Rastreador Via Satélite SPOT 

NÃO INCLUI:

  • Transporte de ida e retorno até Urubuci/SC
  • Vestuário e equipamentos pessoais
  • Outras despesas pessoais (Lavanderia, bebidas, etc.)
  • Tratamento Médico
  • Qualquer custo de resgate
  • Outras despesas não especificadas no que está incluso

CHECK LIST

EQUIPAMENTOS QUE "VOCÊ DEVE LEVAR":

Protetor Solar de fator +50

Protetor Labial

Repelente de Insetos

Lanche para consumir durante os 4 dias de caminhada

Extras / Opcionais:

Polaina Andina Naturehike

Polaina
01 Par

Travesseiro Inflável Sea to Summit Ultralight Pillow

Travesseiro Inflável

Isolante Térmico Inflável Ultralight Mat Sea to Summit

Isolante Inflável ou Auto-Inflável

Camera Fotográfica e pilhas reservas.

Muito Bom Humor, Motivação e Superação

CONHEÇA A EQUIPE:

trekking-canion-espraiado-urubici

Alvaro Walendowsky

Conhece toda a região desde 2002. E desde então, já se somam mais de 60 roteiros de Trekking dirigidos por ele neste trecho. É certificado Outdoor Educator & Leave No Trace Master Educator pela NOLS Alaska / Curso de Escalada em Gelo e Progressão em Glaciar / Instructor Open Water Coastal Kayak Level 4 pela ACA – American Canoe Association entre outros.

IVOLÉO SCHMITZ

Amante e praticante de diversos esportes ao ar livre, possui grande interesse pela culinária e irá proporcionar aos participantes uma alimentação adequada para as atividades físicas diárias. Sempre preparando refeições com produtos frescos e saudáveis complementando com lanches, utilizando sempre que possível da culinária local.

INVESTIMENTO POR PESSOA: R$ 1890,00

O QUE NOSSOS CLIENTES COMENTAM:

Publicado em

TRAVESSIA da Maior Praia do Mundo – 230Km – RS – Brasil – 10 DIAS

travessia-maior-praia-do-mundo

TRAVESSIA da Maior Praia do Mundo

Cassino > Chuí - 230km - 10 Dias

Serão dias em total isolamento, em uma das regiões mais ermas do sul do país, local de mar agitado, ventos fortes, sem sinal de telefone, muito menos mensagens de whatsapp. Não há também hotéis, lojas ou restaurantes, apenas dunas, concheiros e algumas casas.

Nosso desafio consiste em percorrer os 230 km da maior faixa contínua de areia do mundo, caminhando da Barra do Rio Grande, nos molhes de entrada para a Lagoa dos Patos no Balneário do Cassino, até a Barra do Arroio Chuí, na fronteira com o Uruguai.

Aqui o estar é mais importante do que o chegar, iremos caminhar por 8 dias consecutivos, de 20 a 30km diários, sendo um total 10 dias de viagem.

FICHA TÉCNICA

Local

Rio Grande / RS

Duração

10 Dias
08 dias caminhando

Distância

230 km

Dificuldade

Técnica: Fácil
Física: Intenso

Acomodação

07 pernoites camping
02 em Hotel

SAIBA PARA ONDE VOCÊ ESTÁ INDO:

Tudo começa no município de Rio Grande, cidade gaúcha. De um lado, o Oceano Atlântico. Do outro, a Estação Ecológica do Taim e a Lagoa da Mangueira. Até chegarmos ao Chuí que é a cidade mais ao Sul do Brasil e divisa com o Uruguai.

A Maior Praia do Mundo – A notoriedade da praia do Cassino se dá pela razão de ter sido listada no Guiness Book, o Livro dos Recordes, em 1994, como a maior praia do mundo. Nas edições posteriores, o Guinness Book se limitou a retirar a praia do livro, mas não se retratou.

No entanto, o livro ignorou o fato da dita “maior praia” abranger as praias do Hermenegildo e da Barra do Chuí, pertencentes ao município vizinho de Santa Vitória do Palmar. Toda a costa marítima conta com uma extensão de 220km, sendo destes 58km sediados no município de Rio Grande/RS ; e os outros 162km, sediados no município de Santa Vitória do Palmar/RS. 

Desde então, existe uma rixa entre os moradores mais bairristas das duas praias, Cassino e Hermenegildo, sobre qual seria a maior do mundo, considerando o farol Sarita como limite físico entre elas. O que de fato temos é que, juntando Cassino, Hermenegildo e Barra do Chuí, temos a maior extensão de faixa de areia (ou praia) ininterrupta (sem acidentes geográficos) do Brasil.

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EXPEDIÇÃO:

Pré requisitos:

BOM Condicionamento físico

Acostumado com caminhadas de 15 a 30km.

ASSINATURA da Ficha de Inscrição & Termo de Conhecimento de Risco (Enviado por e-mail)

Indivíduo SAUDÁVEL para desempenho aeróbico intenso

VESTUÁRIO de boa qualidade!

Ótimo SENSO de HUMOR e muita disposição!

PROGRAMAÇÃO:

O QUE ESTÁ INCLUSO:

  • Condutor (Líder de grupo)
  • Auxiliar/Cozinheiro
  • Carro de Apoio com Motorista
  • Pernoite em Hotel no Dia1 no Rio Grande e no Dia 9 no Chuí
  • Todo Equipamento de Camping: Barracas 3/4P compartilhada em 2 Pessoa + Isolante Térmico EVA + Saco de Dormir
  • Todos os utensílios de cozinha pessoal e de grupo
  • Tenda de GRUPO: Cozinha / Sombra / Chuva
  • Todas as alimentações no acampamento e 01 lanche por dia para consumo na caminhada em substituição ao almoço – *Alimentação especial para vegetarianos, intolerantes a glúten, lactose e dietas especiais (Neste caso você irá informar suas necessidades na inscrição)
  • Seguro específico para atividades de aventura
  • Acompanhamento remoto por Rastreador Satelital SPOT
  • Kit primeiro socorros para atendimento básico de emergência
  • Equipamentos de Segurança: Primeiros Socorros / Rádio VHF 
  • Transfer Chuí até o Rio Grande

NÃO INCLUI:

  • Transporte até o Rio Grande (Ida e Retorno)
  • Jantar no Dia 1 e Dia 10 quando pernoitaremos nas cidades de Rio Grande e Chuí.
  • Alimentação de marcha, consumida durante a caminhada que não seja as Frutas e Lanches ofertados (Sua “ração de marcha”)
  • Vestuário e equipamentos pessoais
  • Tratamento Médico
  • Qualquer custo de resgate ou remoção
  • Outras despesas pessoais não especificadas

CONHEÇA NOSSA EQUIPE:

Alvaro Walendowsky Educador Ao Ar Livre & Leave No Trace Master Educator formado no Alaska pela NOLS, possui Curso de Escalada em Gelo e Progressão em Glaciar, é Instructor Open Water Coastal Kayak Level 4 pela ACA – American Canoe Association entre outros.

Sua experiência e conhecimento são provenientes de expedições em montanhas, mares e rios, treinamentos e certificações adquiridas pelo Brasil, Nova Zelândia, Chile, Argentina, Alaska nos Estados Unidos, Peru e Bolívia durante os últimos vinte anos. Suas habilidades se distinguem entre o montanhismo (Trekking / Escalada em Rocha / Alta Montanha) e canoagem oceânica.

Léo – Ivo Leonardo Schmitz. Amante e praticante de diversos esportes ao ar livre, possui grande interesse pela culinária e irá proporcionar aos participantes uma alimentação adequada para as atividades físicas diárias. Sempre preparando refeições com produtos frescos e saudáveis complementando com lanches, utilizando sempre que possível da culinária local.

Possui experiência em peregrinações e caminhadas de longo curso, seja de forma autônoma ou transformando estes destinos em produtos roteirizados para serem visitados por pessoas com menor experiência ou que desejam um maior conforto na prática de suas atividades ao ar livre.

Paulo Baron. Condutor ambiental no Jalapão durante diversas temporadas, esteve presente naquele destino durante a expansão do turismo na região e transformou-se especialista em atender as necessidades dos clientes.

Será responsável pela logística veicular desta viagem. Seus anos de atividades 4×4 transportando clientes em regiões inóspitas, em trilhas e dunas, são desafios que concederam experiência e conhecimento para preparar um carro de apoio ideal para todos ambientes que iremos encontrar. Sem dúvida, você estará literalmente, em boas mãos.

INVESTIMENTO:

A VISTA
PIX ou Boleto Bancário

R$ 4066
,00
por pessoa
  •  
5% de desconto

PARCELADO em até 10X
na loja física

R$ 4280
,00
por pessoa
  •  

PARCELADO EM ATÉ 6X
na loja virtual

R$ 4280
,00
por pessoa
  •  

Extras:

  • Transfer Aeroporto/Rodoviária POA > Rio Grande - Chuí > Aeroporto/Rodoviária R$ 300,00

    *Aeroporto Salgado Filho na cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

  • Quatro Single no Hotel em Rio Grande e Chuí e Barraca 2P para uso individual R$ 500,00
  • Aluguel de Bastão de Caminhada (01 Par) R$ 100,00
  • Aluguel de Mochila de Ataque R$ 75,00
  • Aluguel de Mochila Semi-Cargueira R$ 100,00
  • Aluguel de Isolante Inflável ou AutoInflável R$ 150,00

O QUE NOSSOS CLIENTES COMENTAM DESTA AVENTURA:

PRÓXIMAS SAÍDAS:

Experiências em Trekking, Travessia e Peregrinação

trekking-canion-espraiado-urubici-capa
TREKKING Circuito Cânion Espraiado Borda Sul 2 Dias Descritivo Ficha Técnica Local Características Programação O que esta Incluso? O que
leia mais
pico-do-tabuleiro-sc
O Treking ao Pico da Serra do Tabuleiro trata-se de uma ascensão em trilhas bem típica das serras catarinenses, recheadas
leia mais
travessia-maior-praia-do-mundo
A Travessia da Maior Praia do Mundo, saindo do Baln. Cassino e chegando ao Chuí na divisa com o Uruguai
leia mais
trekking-travessia-campo-dos-padres-urubici-capa
Esta travessia consiste em uma caminhada de 4 dias iniciando pela região conhecido como Campos dos Padres juntando-se ao Espraiado.
leia mais
trekking-pico-parana
TREKKING Circuito 3+ (Pico Caratuva & Pico Paraná & Pico Itapiroca) Descritivo Ficha Técnica Local Características Programação O que esta
leia mais
A Peregrinação pelo Caminho de Santa Paulina passa por uma estrada muito antiga do início do Séc XIX e construída por antigos
leia mais
Publicado em

TREKKING – Circuito Cânion Espraiado Borda Sul – 2 DIAS – 25km

trekking-canion-espraiado-urubici-capa

TREKKING Circuito Cânion Espraiado Borda Sul 2 Dias

O Trekking pela Borda Sul do Cânion do Espraiado trata-se de uma caminhada típica das serras do sul do Brasil e ainda é um dos lugares mais selvagens da Serra Geral. Seu destino inicial é Urubici, cidade serrana catarinense que atrai visitantes do mundo inteiro. Caminhando, você irá percorrer um trecho muito pouco utilizado pelo uso comum. Aproveite este roteiro para vivenciar de uma expedição genuína enquanto essas áreas selvagens ainda existirem na companhia de excelentes profissionais.

Nosso roteiro segue margeando a borda da Serra e cruzando pequenos trechos de florestas densas. Os visuais são espetaculares. A ideia inicial é montar acampamento nas proximidades do Cânion do Espraiado e curtir o restante do dia e da noite em descanso e confraternização entre o grupo. De fronte ao nosso acampamento despenca uma imensa cachoeira de uma altura de aproximados cem metros, a Cachoeira do Espraiado!

IMPORTANTE que você tenha o conhecimento de que: a rota em questão NÃO é o acesso tradicional por estrada e NÃO temos como objetivo ir à fazenda onde uma multidão se concentra. Sendo assim, você fará uma caminhada sensacional por trechos ainda selvagens na região. Por se tratar de uma propriedade privada, é necessário autorização do proprietário, concedida a nós da Casa de Aventura, pois, trabalhamos dentro de princípios éticos do uso autorizado de terras privadas e seguimos princípios de mínimo impacto ambiental. 

“SERVIÇO SEMANAL” – Se você quer ir a Serra Geral / Cânion Espraiado em dias úteis, venha conosco para esta mesma expedição em DIAS de SEMANA e tenha a EXCLUSIVIDADE e o PRAZER de estar nas montanhas do Sul do Brasil SOZINHO por lá! Entre em contato e agendamos a saída com você. a 

 

FICHA TÉCNICA

Local

Vale do Rio Canoas

Duração

02 Dias / 01 Noite

Distância

25 km

Dificuldade

Técnica: Fácil-Moderada Física: Moderada

Acomodação

01 Noite em Acampamento

CONHEÇA QUEM IRÁ LHE CONDUZIR:

trekking-canion-espraiado-urubici

Alvaro Walendowsky

Alvaro Walendowsky será o Líder desta jornada. Alvaro conhece toda a região desde 2002. E desde então, já se somam mais de 60 roteiros de Trekking dirigidos por ele neste trecho. Sua experiência e conhecimento são provenientes de expedições em montanhas, mares e rios, treinamentos e certificações adquiridas pelo Brasil, Nova Zelândia, Chile, Argentina, Alaska nos Estados Unidos, Peru e Bolívia durante os últimos dezoito anos. Suas habilidades se distinguem entre o montanhismo (Trekking / Escalada em Rocha / Alta Montanha) e canoagem oceânica. É certificado Outdoor Educator & Leave No Trace Master Educator pela NOLS Alaska / Curso de Escalada em Gelo e Progressão em Glaciar / Instructor Open Water Coastal Kayak Level 4 pela ACA – American Canoe Association entre outros.

Suas primeiras caminhadas aconteceram na Serra Geral de Santa Catarina, exatamente neste trecho do Cânion do Espraiado, no ano de 2002. Depois, veio os cursos de Escalada Esportiva, Tradicional e Gelo. Viagens e dezenas de escaladas em rocha nos estados de SC, PR, e RJ. No Peru realizou de forma autônoma o Trekking Huayhuash em 2015. Escaladas tradicionais como o Capacete no RJ (Via El Kabong e CERJ em 2017. Em 2015/17/18 escalou na Cordilheira Blanca, Peru os Nevados Ishinca 5.530m 2x / Urus 5.423m / Tocllaraju 6.032, Vallunaraju 5.683m / Copa 6.022m (Tentativa), Yanapaccha 5.460m / Mateo 5.150m e em 2020, o Cerro Plata 5.964m. 

 

Ivo Leonardo Schmitz será o auxiliar e cozinheiro desta Expedição. Amante e praticante de diversos esportes ao ar livre, possui grande interesse pela culinária e irá proporcionar aos participantes uma alimentação adequada para as atividades físicas diárias. Sempre preparando refeições com produtos frescos e saudáveis complementando com lanches, utilizando sempre que possível da culinária local.

Membro da Diretoria e Coordenador de Comunicação da FEMESC – Federação de Escalada e Montanhismo do Estado de Santa Catarina e possui grande relacionamento com as Unidades de Conservação Federais e Estaduais no estado, batalhando em prol da preservação do meio ambiente, do desenvolvimento de atividades turísticas e livre acesso aos montanhistas. 

Atualmente também é Diretor Presidente da ASSEPAVI – Ass. de Ecoturismo, Preservação e Aventura do Vale do Itajaí e Voluntário do Projeto CMA – Caminho da Mata Atlântica. Uma trilha de longo curso que vai interligar os estados do RJ, SP, PR, SC e RS com o objetivo de estimular a pratica do montanhismo, de fortalecer o turismo e a base comunitária a estimular a preservação do Meio Ambiente. 

SAIBA PARA ONDE VOCÊ ESTÁ INDO:

UrubiciA região de Urubici é um lugar como poucos no Brasil. Uma terra presenteada pela natureza e dotada de fenômenos naturais que só se vê por lá, como por exemplo, as mais baixas temperaturas do país, fortes geadas e também, a neve! O município de Urubici está 918m.a.n.m. e por um de seus principais pontos turísticos, o Morro da Igreja com 1.822m se torna o povoado mais alto do Brasil, tendo como plano de fundo as belas paisagens serranas do planalto catarinense.

Serra Geral de Santa Catarina – Uma formação rochosa que se origina no Paraguay, se estendendo pelos países vizinhos Uruguai e Argentina e faz um corte em diagonal até o estado do PR. Esta Serra divide o litoral catarinense do oeste do estado e corta também, em sentindo diagonal o estado do Rio Grande do Sul. As Serras catarinense e gaúcha são partes integrantes dessa cadeia montanhosa repleta de formações originadas a partir de intensas atividades vulcânicas que ocorreram há milhões de anos. Destas atividades, teria origem o Planalto Sul-Brasileiro, de vegetação heterogênea e palco de diversas nascentes de rios cristalinos, como o Canoas. Há mais de 60 cânions em todo seu terreno, destacando-se os gaúchos Malacara e Fortaleza e é claro, o Espraiado.  

Vale do Rio Canoas (950m.a.n.m.) – Nosso ponto de encontro e local de partida desta fascinante caminhada será às margens do Rio Canoas (990 m.a.n.m.), importante rio que corta um belo vale de araucárias nos confins de Urubici, um lugar esplêndido, com paisagens incríveis. Lugar escolhido, inclusive, para filmagens do comercial do perfume Davidoff Adventure, com o ator escocês Ewan McGreggor, elegido uma das melhores estrelas do cinema de 1997 – veja comercial em https://www.youtube.com/watch?v=Np7ZkC8vW3U – A partir dali, se dá início nossa caminhada por estrada vale adentro rumo às bordas da Serra Geral a cerca de 1.460 m.a.n.m.

 

Cânion do Espraiado 1.877m – Um vale vale profundo de encostas íngremes e verticais tornam o Cânion do Espraiado, ao sul do Campo dos Padres, um dos lugares naturais mais bonitos do Brasil! Trecho da Serra Geral que vem sendo indicada para vir a se tornar um novo Parque Nacional catarinense. Devido a sua magnífica formação escarpada e a sua cachoeira principal com cerca de 90 metros de queda, o Espraiado é sem dúvida um dos principais atrativos de Urubici e o destino mais procurado pelos amantes das caminhadas em lugares de grande beleza cênica. Lugar que conserva alguns bosques e florestas de araucárias e rica e variada fauna ainda presente, com destaque para a “casa do Puma”, também conhecido como Leão Baio ou Puma Americano/Concolor.

Pré requisitos:

BOM Condicionamento físico

Experiência mínima em trilhas e acampamentos são bem vindos

ASSINATURA da Ficha de Inscrição & Termo de Conhecimento de Risco (Enviado por e-mail)

Indivíduo SAUDÁVEL para desempenho aeróbico intenso

VESTUÁRIO de boa qualidade!

Ótimo SENSO de HUMOR e muita disposição!

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EXPEDIÇÃO:

PROGRAMAÇÃO:

ALTIMETRIA da CAMINHADA:

 

O QUE ESTÁ INCLUSO:

  • Condutor (Líder de grupo)
  • Auxiliar/Cozinheiro
  • Permissão de acesso ás áreas privadas
  • Todo Equipamento de Camping: Barracas 2P + Isolante Térmico + Saco de Dormir
  • Todos os utensílios de cozinha pessoal e de grupo
  • Tenda de GRUPO: Cozinha / Sombra / Chuva
  • Alimentação: 02 Cafés da Manhã + 01 Lanche Quente “pré janta” + 01 Jantar – Alimentação especial para vegetarianos, intolerantes a glúten, lactose e dietas especiais (Neste caso você irá informar suas necessidades na inscrição)
  • Kit primeiro socorros para atendimento básico de emergência
  • Seguro específico para atividades de aventura
  • Equipamentos de Segurança: Primeiros Socorros / Rádio VHF Rastreador Via Satélite SPOT 

NÃO INCLUI:

  • Transporte até o local
  • Almoços e Jantas extra mencionado no programa (Sua “ração de marcha”)
  • Vestuário e equipamentos pessoais
  • Outras despesas pessoais (Lavanderia, bebidas, etc.)
  • Tratamento Médico
  • Qualquer custo de resgate
  • Outras despesas pessoais não especificadas

INVESTIMENTO POR PESSOA: R$ 600,00

O QUE NOSSOS CLIENTES COMENTAM:

Publicado em Deixe um comentário

CANOAGEM Rio Maciambu – PE Serra do Tabuleiro – Palhoça – SC – 1 DIA

Rio Maciambu Serra do Tabuleiro
Canoagem Ecológica Rio Maciambu

Remar no Rio Maciambu é penetrar no coração do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro de uma forma ancestral de se locomover. Trata-se de uma Unidade de Conservação incrível, preservado, limpo e cheio de vida silvestre para você apreciar e se envolver a bordo de caiaques oceânicos turismo, uma embarcação que não impacta o meio, não utiliza motor e consequentemente, nenhum combustível e barulho. Sendo assim, você certamente terá encontros selvagens!

O Parque está em uma região estratégica e única da mais pura Mata Atlântica. Casa de uma ampla diversidade de habitats e ocupa 1% do território catarinense, o que o torna um importante local para a pratica de canoagem como turismo ecológico. Vamos em busca das belezas cênicas, de mananciais de água, da flora, da fauna, da geodiversidade, um verdadeiro potencial para desenvolvimento do ecoturismo. 

Seus desbravadores, os botânicos Pe. Raulino Reitz e Roberto Miguel Klein encontraram ali cinco, das seis grandes formações vegetais do bioma Mata Atlântica no Estado e que estão representadas neste Parque. Por isso, ele ainda abriga uma biodiversidade ainda maior do que seus 84.130 hectares poderiam sugerir. 

FICHA TÉCNICA

Duração

1 Dia
09 às 16:00 hrs

Grupo

01 a 06 Pessoas

*16 a 18 anos com autorização do pais

Dificuldade

Técnica: Baixa Física: Média

Distância

Pode chegar a 12km

Condutores

01 Guia
01 Auxiliar*

*Para grupos maiores que 04 pessoas​

Melhor Época

Todo o ano

ATRATIVOS:

Parque Estadual da Serra do Tabuleiro –  O Parque tem sua sede em Palhoça, na Baixada do Maciambu e conta com uma sede estruturada e um centro de visitantes munido de trilhas educativas abertas ao público que pode ter contato direto com especies nativas. Ainda, possui dois centros temáticos nas sedes dos municípios de Imaruí e São Bonifácio. É claro que, além de sua infraestrutura física, o principal atrativo são as riquezas naturais. A imensidão de espécies e vegetação praticamente intocadas tornam a Serra do Tabuleiro um dos principais tesouros catarinenses. 

Dentro da área do Parque, município de Palhoça, encontra-se a Baixada do Maciambu. Planície que comporta uma das mais expressivas paisagens de restinga do litoral brasileiro. É formada por cordões arenosos na forma de semicírculos, resultante das oscilações do nível do mar durante pelo menos, 20 milhões de anos. Por isso, a região é considerada um importante monumento geológico. Por essas e outras características ali encontradas, o Parque é um campo de pesquisas incomparável, próximo a grandes centros urbanos e possui um enorme potencial de lazer, associando o turismo ecológico à educação ambiental. 

Rio Maciambu – Este rio nasce na Serra do Tabuleiro e se mantém dentro dos limites do parque desde sua nascente até sua foz, no Oceano Atlântico ao sul da Ilha de Santa Catarina. Um rio lindo, que se divide em canais de águas cristalinas e limpas por seu interior. De seus meados, escurece um pouco devido a entrada da água salgada do mar, transformando em água salobra, rica em nutrientes, o que também torna esse lugar um estuário para diversas espécies. 

Flora – Sua flora é composta de Formação Pioneiras (Restinga e Manguezal). Sua vegetação consiste de árvores com adaptações para solos alagados, como raízes escoras e tabulares. Entre elas, destaca-se a Rhizophora mangle, além de bromélias, orquídeas, algas e líquens. 

Fauna – A fauna do Parque é bastante diversificada, contém espécies como a anta, tamanduá mirim, gato do mato pequeno, gato maracajá, jaguatirica, macaco prego, bugio, sagui de tufos brancos e pretos, catetos, paca, cotia, capivara, jacaré de papo amarelo e muitos outros. Alguns como as capivaras, lontras e macacos pregos são e foram vistos em nossas incursões em caiaques. Também há a avifauna, que se mostra com expressividade a cada entrada no rio. São os vários tipos de tucanos e papagaios, periquitos e araras, falcões, bem te vi, sabiás, martim pescador grande e pequeno, garças brancas, cinza, vermelhas, pequenas e grandes, entre muitos outros. 

 

PROGRAMAÇÃO:

10:00 Horas
10:00 Horas

Início do passeio pelas águas do Rio Maciambu

16:00 Horas
16:00 Horas

Previsão de fim do passeio e Encerramento dos serviços.

O QUE ESTÁ INCLUSO:

Água Mineral Potável

Caiaque, Remo, Colete, Bomba, Flutuador e Saia

Lanches para Consumo na Remada

Seguro para atividades de aventura

INVESTIMENTO:

1 Pessoa

R$ 450 por pessoa
  •  

2 a 3 Pessoas

R$ 350 por pessoa
  •  
Popular

4 a 6 Pessoas

R$ 300 por pessoa
  •  

O QUE NOSSOS CLIENTES DIZEM SOBRE NOSSOS SERVIÇOS:

COMO CHEGAR:

  • Carro

    Você irá trafegar pela BR-101 sentido Norte - Sul. Vindo de Florianópolis, descendo o Morro dos Cavalos no Km 238 terá um viaduto próximo ao Posto Maciambú. Você deve cruzar em direção ao litoral e a cerca de 500 metros, você irá encontrar o portão de entrada, identificado. Siga até o estacionamento e recepção.

  • Ônibus

    Através do terminal Urbano de Florianópolis você poderá utilizar as linhas intermunicipais que sigam a Porto Alegre, parando em Palhoça próximo a sede do Parque.

  • Avião

    O Aeroporto mais próximo é o situado no município de Florianópolis, distante cerca de 50 km do Município de Palhoça. A partir dele você pode fazer o deslocamento de carro ou ônibus.

Quero agendar esta atividade para HOJE! AMANHÃ! AGORA!!!

CONFIRA OUTRAS EXPERIÊNCIAS DISPONÍVEIS EM NOSA AGENDA:

Publicado em

TREKKING – Circuito 3+ (Caratuva & Pico Paraná & Itapiroca) – 3 DIAS

trekking-pico-parana

TREKKING Circuito 3+ (Pico Caratuva & Pico Paraná & Pico Itapiroca) - 3 Dias / 2 Noites

Este programa é muito legal! Uma expedição de Trekking em formato de circuito pelos três mais altos cumes da Serra do Ibitiraquire e entre eles, estão os dois mais altos do Sul do Brasil: O Pico Caratuva 1.860m, o Pico Paraná 1.877m e o Pico itapiroca 1.805m. 

Esta linda jornada pelas mais altas montanhas do Sul do Brasil é liderada pela equipe de profissionais da Casa de Aventura que lhe oferecem suporte especializado, estrutura completa de camping e cozinha e é claro, segurança! São três dias de caminhada, três cumes, florestas densas, acampamentos selvagens e visuais lindos! 

Sempre é bom lembrar que a área caracterizada como área de preservação, assim todo cuidado é pouco. E lembre-se de seguir todas as regras de visitação e de mínimo impacto ambiental. Nossos condutores são profissionais nesta área e ótima companhia para você.

Esta, não é uma caminhada a ser subestimada. Venha pronto para dias intensos, prepare-se! As trilhas e ascensões aos cumes são íngremes e lentas. NÃO é uma caminhada fácil, exige muito do preparo físico, alguma agilidade e muita paciência. Sua ascensão também exigirá um mínimo de experiência nos trechos mais expostos, onde há sucessões de escadaria, mata densa e “vias ferratas” – caminhos rochosos equipados com escadas, cabos de aço, pitons, etc. 

“SERVIÇO SEMANAL” – Se você quer ir ao complexo do Pico Paraná sem a multidão que invade o local aos fins de semana, venha conosco para esta mesma expedição em DIAS de SEMANA e tenha a EXCLUSIVIDADE e o PRAZER de estar nas montanhas mais altas do Sul do Brasil sem a baderna e invasão dos finais de semana com a imensa possibilidade de estar SOZINHO por lá! Entre em contato.

 

FICHA TÉCNICA

Local

Fazenda Pico Paraná (Campina Gde do Sul)

Duração

03 Dias / 02 Noites

Distância

18 km "Aproximadamente"

Dificuldade

Técnica: Moderada Física: Moderada - Alta

Acomodação

02 Noites em Acampamento

CONHEÇA QUEM IRÁ LHE CONDUZIR:

pico-parana-guia

Alvaro Walendowsky

Alvaro Walendowsky será o Líder desta Expedição. Alvaro conhece toda a região, é claro. São mais de uma dezena de grupos conduzidos sob sua responsabilidade ao complexo do Pico Paraná e em todos, levou seus clientes ao cume. Sua experiência e conhecimento são provenientes de expedições em montanhas, mares e rios, treinamentos e certificações adquiridas pelo Brasil, Nova Zelândia, Chile, Argentina, Alaska nos Estados Unidos, Peru e Bolívia durante os últimos dezoito anos. Suas habilidades se distinguem entre o montanhismo (Trekking / Escalada em Rocha / Alta Montanha) e canoagem oceânica. É certificado Outdoor Educator & Leave No Trace Master Educator pela NOLS Alaska / Curso de Escalada em Gelo e Progressão em Glaciar / Instructor Open Water Coastal Kayak Level 4 pela ACA – American Canoe Association entre outros.

Suas primeiras caminhadas aconteceram na Serra Geral de Santa Catarina no ano de 2002. Depois, veio os cursos de Escalada Esportiva, Tradicional e Gelo. Dezenas de escaladas em rocha nos estados de SC, PR, e RJ. No Peru realizou de forma autônoma o Trekking Huayhuash em 2015. Escaladas tradicionais como o Capacete no RJ (Via El Kabong e CERJ em 2017. Em 2015/17/18 escalou na Cordilheira Blanca, Peru os Nevados Ishinca 5.530m 2x / Urus 5.423m / Tocllaraju 6.032, Vallunaraju 5.683m / Copa 6.022m (Tentativa), Yanapaccha 5.460m / Mateo 5.150m e em 2020, o Cerro Plata 5.964m. 

 

Ivo Leonardo Schmitz será o auxiliar e cozinheiro desta Expedição. Amante e praticante de diversos esportes ao ar livre, possui grande interesse pela culinária e irá proporcionar aos participantes uma alimentação adequada para as atividades físicas diárias. Sempre preparando refeições com produtos frescos e saudáveis complementando com lanches, utilizando sempre que possível da culinária local.

Membro da Diretoria e Coordenador de Comunicação da FEMESC – Federação de Escalada e Montanhismo do Estado de Santa Catarina e possui grande relacionamento com as Unidades de Conservação Federais e Estaduais no estado, batalhando em prol da preservação do meio ambiente, do desenvolvimento de atividades turísticas e livre acesso aos montanhistas. 

Atualmente também é Diretor Presidente da ASSEPAVI – Ass. de Ecoturismo, Preservação e Aventura do Vale do Itajaí e Voluntário do Projeto CMA – Caminho da Mata Atlântica. Uma trilha de longo curso que vai interligar os estados do RJ, SP, PR, SC e RS com o objetivo de estimular a pratica do montanhismo, de fortalecer o turismo e a base comunitária a estimular a preservação do Meio Ambiente. 

SAIBA PARA ONDE VOCÊ ESTÁ INDO:

Serra do Ibitiraquire – É uma serra no estado do Paraná, situada entre os municípios de Antonina e Campina Grande do Sul, cerca de 40 quilômetros da capital paranaense, Curitiba. Seu nome vem do Tupi Guarani, significando “Serra Verde”. Lá, estão a maioria das montanhas mais altas do sul do país.

Fazenda Pico Paraná – Onde tudo se inicia. A Fazenda Pico Paraná possui infra estrutura básica para atendimento aos montanhistas que vão ao local. A Casa de Apoio ao Montanhista em questão, coloca ao seu dispor: Área de camping + 01 banheiro com chuveiro quente + Cozinha com pia, fogão a gás e fogão a lenha + Áreas de fogueira + Estacionamento + Churrasqueira Móvel + Lanchonete. 

A Casa de Apoio é também o ponto de encontro dos montanhistas e aventureiros da região, que não raro, marcam novas aventuras e contas as antigas, em rodas de amigos, onde, o assunto não poderia deixar de ser, as montanhas!

 

 

Pico Caratuva 1.850m – É a segunda mais alta montanha da região Sul do Brasil. Sua vegetação é composta em quase sua totalidade por Floresta Ombrófila Densa Montana e Alto-montana e de refúgios ecológicos. Diferencia-se das outras montanhas próximas pela presença das antenas de rádio amador em seu cume, as quais podem ser vistas de longe. A subida ao cume levará cerca de 4 a 5 horas. Atravessaremos paisagens lindas pela Floresta Atlântica, passando por riachos, bromélias e caraguatás. No seu cume a vegetação característica da região é a Caratuva – uma espécie de bambú anão de altitude e que dá o nome a esta montanha. Uma planta agradável ao toque e de rara beleza. Do alto do Caratuva é possível avistar ao Leste o conjunto Ibeteruçú, onde, localiza-se o Pico Paraná, o litoral paranaense e destaque para a Baía de Antonina. A Oeste, a represa de Capivari. Ao Norte o Taipabuçú e o Ferraria. Já na porção Sul/Sudeste/Sudoeste destacam-se o Itapiroca em primeiro plano, logo, o Tucum e Camapuam e ainda, ao longe, o imponente Ciririca. Mais distante, se avistam as montanhas das serras da Graciosa, Baitaca e do Marumbi.

Pico Paraná 1.877m – Uma montanha esplendorosa e de formação rochosa de Granito e Gnaisse. Sua descoberta foi através das incursões do pesquisador alemão Reinhard Maack. Entre 1940 e 1941, Maack efetuou outras diversas investidas à Serra do Ibitiraquire com o objetivo de obter medições e anotações sobre a fauna e a geomorfologia da região. Naquela época, ele registrou que o cume do “PP” teria 1.922 metros de altitude, sendo, a partir desse momento a mais alta montanha do Paraná e da região Sul do Brasil. Antes disso, a montanha mais alta do estado do Paraná era o Monte Olimpo. Maack juntamente com os alpinistas Rudolf Stamm e Alfred Mysing e com o auxílio de tropeiros da região, partiram em 28 de junho de 1941 com o objetivo de conquistar o cume da montanha. Stamm e Mysing conseguiram o intento em 13 de julho de 1941. Em 1922 a altitude do Pico Paraná foi aferida em 1.877.392 metros através do GPS – Sistema de Posicionamento Global por três equipes da Universidade Federal do Paraná, coordenadas pelo Professor Paulo césar Lopes Kreeling, do Curso de Pós graduação em Ciências Geodésicas. Esta medida é adotada oficialmente até os dias de hoje.

Pico Itapiroca 1.805m – É a quinta montanha em altitude desta região. Sua aproximação se dá pela principal trilha do complexo. O ataque ao itapiroca se dará no último dia após deixar o Pico Paraná. Esta é a ascensão mais curta e rápida entre todas as anteriores e se faz a partir da trilha principal. Do alto de seu cume é possível avistar praticamente toda a Serra do Ibitiraquire, onde, localiza-se o Pico Paraná. A Oeste a represa do Capivari, ao Norte o pico Caratuva e na porção Sul/Sudeste/Sudoeste destacam-se o Tucum, Camapuã e ao longe o imponente Ciririca com suas placas que se tornam reluzentes ao sol do amanhecer. Mais longe avistam-se as montanhas da Graciosa, Baitaca e o Marumbi.  

Pré requisitos:

BOM Condicionamento físico

Experiência mínima em trilhas e acampamentos são bem vindos

ASSINATURA da Ficha de Inscrição & Termo de Conhecimento de Risco (Enviado por e-mail)

Indivíduo SAUDÁVEL para desempenho aeróbico intenso

VESTUÁRIO de boa qualidade!

Ótimo SENSO de HUMOR e muita disposição!

PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS DA EXPEDIÇÃO:

PROGRAMAÇÃO:

Dia 1
Dia 1

TERRESTRE: SUA CIDADE - FAZENDA PICO PARANÁ

9h – Encontro de TODO o GRUPO na Fazenda Pico Paraná para organização geral - "Início dos Nossos Serviços"

 

10h 30min – Início da caminhada rumo ao Pico Caratuva – Cerca de 5 h de caminhada em terreno técnico, muito lento e íngreme. A trilha inicial é mais fluente, já a parte final é uma “escalaminhada” em altos degraus e raízes.

15-16h – Previsão de chegada ao cume – Baixa-se acampamento - Lanche pré janta / jantar e descanso.

Dia 2
Dia 2

CARATUVA - A2 do PICO PARANÁ - Via Trilha da Conquista

6h – Café da Manhã – Levantar acampamento.

9h – Partida para a aproximação ao Pico Paraná, o ponto culminante do Sul do Brasil – Serão cerca de 4 a 5 horas de caminhada até o Acampamento 2 (A2) do Pico Paraná. Um colo de montanha onde baixaremos acampamento – Segue com um lanche quente e breve descanso para os que pretendem atacar o cume ainda neste dia. Os demais, mais cansados, podem tentar o cume no dia seguinte pela manhã bem cedo.

Jantar e Descanso

Dia 3
Dia 3

A2 do PICO PARANÁ - ATAQUE ao ITAPIROCA - FAZENDA PICO PARANÁ

5h 30min – Ataque ao cume do Pico Paraná (para aqueles que não o fizeram no dia anterior) - estes, devem retornar até as 8h ao A2 para compartilhar o café da manhã com o restante do grupo e prosseguir levantando acampamento e deixando o mesmo rumo ao Itapiroca.

10h – Inicia-se a caminhada deixando o A2 rumo ao Itapiroca – Cerca de 4 horas até o cume. Segue com caminhada de aproximadamente 2 a 3 horas de retorno a base da montanha (Fazenda Pico Paraná).

18h – “Fim dos serviços”

  • A programação pode variar de acordo com o condicionamento físico, preparação e disposição dos participantes. 

O QUE ESTÁ INCLUSO:

  • Condutor (Líder de grupo)
  • Auxiliar/Cozinheiro
  • Entrada do Parque Fazenda Pico Paraná / Estacionamento
  • Todo Equipamento de Camping: Barracas 2P + Isolante Térmico + Saco de Dormir
  • Todos os utensílios de cozinha pessoal e de grupo
  • Tenda de GRUPO: Cozinha / Sombra / Chuva
  • Alimentação: 02 Cafés da Manhã + 02 Lanches Quentes “pré janta” + 02 Jantas – Alimentação especial para vegetarianos, intolerantes a glúten, lactose e dietas especiais (Neste caso você irá informar suas necessidades na inscrição)
  • Kit primeiro socorros para atendimento básico de emergência
  • Seguro específico para atividades de aventura
  • Equipamentos de Segurança: Primeiros Socorros / Rádio VHF Rastreador Via Satélite SPOT 

NÃO INCLUÍ:

  • Transporte até o local
  • Almoços e Jantas extra mencionado no programa (Sua “ração de marcha”)
  • Vestuário e equipamentos pessoais
  • Outras despesas pessoais (Lavanderia, bebidas, etc.)
  • Tratamento Médico
  • Qualquer custo de resgate
  • Gorjetas
  • Outras despesas pessoais não especificadas

INVESTIMENTO POR PESSOA: R$ 690,00

O QUE NOSSOS CLIENTES FALAM: